descrição do projeto
  • Tema
  • Objetivos
  • Questões
  • Eixos de pesquisa
  • Metodologia
  • Duração
  • Financiamento
Tema
O projeto centra-se nas formas de intervenção socio-urbanística e habitacional nas margens urbanas das cidades africanas da Lusotopia, no novo milénio, que contribuem para a melhoria da qualidade do habitar e da sustentabilidade do habitat dos grupos de menores recursos. No atual contexto de urbanização acelerada, globalização e aumento das desigualdades socio-espaciais, inscritas no paradigma neoliberal, é urgente refletir sobre o impacto destas intervenções, sobre a construção de um habitat mais inclusivo e sobre o que fazer e como fazer para reforçá-las. Luanda e Maputo, com constrangimentos estruturais similares, são tomadas como casos de estudo.
Palavras-chave
Margens urbanas; Luanda e Maputo; Qualidade do habitar; Sustentabilidade do habitat; Direito à Cidade.
ver mais...
Duração
O projeto tem a duração de 3 anos, decorrendo de 1 de Outubro de 2018 a 30 de Setembro de 2021.
Financiamento

O projeto é financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P. (FCT, I.P.) e pela Rede Aga Khan para o Desenvolvimento (AKDN), ao abrigo do:

“1º Concurso para apresentação de propostas de projetos conjuntos, para aumentar a investigação colaborativa e promover a qualidade de vida em Portugal, Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e noutros Países em África, juntamente por instituições portuguesas e em colaboração com a AKDN, no quadro do protocolo de cooperação de Maio de 2016 entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal e o Ismaili Imamat de Cência e Tecnologia”.

Eventos recentes

África Habitat -